Como Promover a Eficiência da Água – Conceitos Básicos

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

[iframevideo] [/iframevideo]

Este é o primeiro vídeo da nossa série curta sobre Arquitetura Sustentável. Vamos discutir sobre a Eficiência da Água em Edificações.

“A água de boa qualidade é como a saúde ou a liberdade: só tem valor quando acaba.” João Guimarães Rosa

POR QUE É IMPORTANTE?

A percentagem de água potável disponível em nosso planeta e pronta para consumo humano é muito baixa se comparada as demandas de consumo mundiais. Por isso, é extremamente necessário ir atrás de soluções para atingir uma eficiência no consumo de água.

OS ASPECTOS PRINCIPAIS

Quando falamos a respeito de economia de água nos edifícios, diversos aspectos devem ser levados em conta. A água é utilizada em diversos sistemas, como:

  • Abastecimento para consumo humano,
  • Sistemas de ar condicionado,
  • Irrigação de plantas,
  • Limpeza,
  • Outros.

É importante também citar que a economia da água não é apenas sobre ela, também está diretamente relacionada com a economia de energia. Nós devemos pensar que precisamos de energia para o tratamento dessa água, no seu transporte para o edifício e na sua utilização e descarte.

 

Quer saber mais? Veja mais no vídeo!

Como Realizar Projetos Sustentáveis – Conceitos Básicos

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

[iframevideo] [/iframevideo]

BEM VINDO A NOSSA SÉRIE DE CONCEITOS BÁSICOS SOBRE ARQUITETURA SUSTENTÁVEL

Mas o que afinal, seria uma Arquitetura Sustentável? Basicamente é a maneira em que concebemos nossos projetos arquitetônico, visando a otimização de recursos, a qualidade do edifício, e a utilização de processos construtivos sustentáveis que minimizem os impactos ambientais no meio ambiente.

Todos esses temas fazem parte de um conceito bem atual para o mercado. É óbvio para todos que é extremamente necessário começar a se pensar sustentavelmente em qualquer novo projeto e empreendimento. Nós, como profissionais da área, necessitamos nos aprofundar mais no assunto e começar a fazer dele parte do nosso dia-a-dia profissional e até mesmo pessoal.

Este vídeo é apenas uma introdução, mas nos próximos iremos abordar várias facetas importantes de uma arquitetura que pode ser considerada sustentável, como:

  • Eficiência da água;
  • Energia;
  • Qualidade interna do ambiente;
  • Materiais.

VEJA TODOS OS VÍDEOS DA SÉRIE:

Como Promover a Eficiência da Água – Conceitos Básicos

Promovendo a Eficiência Energética em nossos Projetos – Conceitos Básicos

A Escolha de Materiais para a Sustentabilidade – Conceitos Básicos

A Importância do Projeto de Qualidade Interna – Conceitos Básicos

Boas Ideias Envelhecem?

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

[iframevideo] [/iframevideo]

Te pergunto isso, porque talvez você esteja com uma ideia e esteja tentando tirar do papel.

No entanto, algumas vezes alguma pequena pedra aparece no seu caminho, que te impossibilita de colocar o objetivo em prática.

Conto um pouco sobre uma ideia maluca que tive em 2008, e sobre uma dessas pedras me impediram de continuar.

Se você possui uma dessas pedras nesse exato momento, comente abaixo.

Como é a Prova Para Se Tornar um LEED Green Associate?

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

[iframevideo]

[/iframevideo]

Neste vídeos tiramos dúvidas essenciais a respeito do exame LEED Green Associate e o que fazer para obter sucesso.

ENTENDA:

  • Como é a prova;
  • Como é realizada;
  • Em quais cidades pode-se fazer;
  • Quantas perguntas;
  • O que é perguntado;
  • Como se preparar para ganhar tempo no exame.

Clique AQUI para conhecer o nosso curso LEED Green Associate

Livro gratuito é destaque no Archdaily!

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

Estamos muito orgulhosos de nosso ebook estar nas notícias de destaque do site de arquitetura mais visitado do mundo.

Tivemos mais de 10.000 downloads gostaríamos de agradecer a todos. Isso prova que o tema da sustentabilidade tem muito a crescer aqui no Brasil, e não pouparemos esforços de trazer conteúdos relevantes para todos.

Muito mais por vir! 🙂

Veja a notícia aqui

Livro de Arquitetura Utilizando Créditos do LEED

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

BAIXE GRATUITAMENTE O EBOOK

‘Como Realizar Arquitetura Sustentável’ é um livro de arquitetura com um compêndio de regras e conceitos para todos aqueles que querem aprender arquitetura sustentável do zero, ou mesmo melhorar a atuação em seus projetos.

Contendo 76 páginas e dividido em 10 partes, ele aborda os seguintes tópicos:

  • Por que certificar LEED?
  • Processo Integrativo
  • Localização e Transporte
  • Lotes Sustentáveis
  • Eficiência da Água
  • Energia e Atmosfera
  • Materiais e Recursos
  • Qualidade Interna do Ambiente
  • Inovação
  • Prioridades Regionais

O livro lhe ensinará passo a passo todos os créditos da certificação LEED para você abordar sustentabilidade em seus projetos de forma simples e eficiente.

Baixe o Livro Gratuitamente NESTE LINK

ABAIXO, UM PEQUENO TEXTO SOBRE O LIVRO DE ARQUITETURA SUSTENTÁVEL

O QUE É LEED? UMA BOA PERGUNTA PARA COMEÇAR…

LEED é uma sigla para Leadership in Energy and Environmental Design. Traduzindo: Liderança em Energia e Design Ambiental. Ela foi criada pelo United States Green Building Council, ou mais conhecido como USGBC, em 1993.

O USGBC foi criado com o intuito de promover e fomentar práticas de construção sustentável. Mas logo no inicio entendeu-se que precisava-se viabilizar a idéia para a indústria para que essas práticas se tornassem palpáveis e mensuráveis, e para isso tornou-se necessária a criação de um sistema. Então introduziram o sistema de classificação LEED como uma forma de se estabelecer estratégias e padrões mensuráveis para criar edifícios sustentáveis.

De 1994 até hoje, o LEED cresceu de um padrão para novas construções para um sistema abrangente de padrões inter-relacionados que cobrem todos os aspectos do processo de desenvolvimento e construção. O LEED também cresceu de seis voluntários em um comitê para mais de 200 voluntários em 20 comitês e quase 150 profissionais.

POR QUE CERTIFICAR LEED?

Isso é algo que é sempre questionado: porque certificar LEED? Em nosso Livro de Arquitetura alertamos que a primeira questão é que um edifício certificado economiza dinheiro no ciclo de vida da edificação. Se observarmos tudo o que obtemos – custos mais baixos de operação, maiores taxas de ocupação, taxas de aluguéis mais altas e ainda uma maior valorização final do edifício, acaba valendo a pena.

O LEED é uma forma mensurável de se atingir sustentabilidade. É importante que empresas que trabalhem com técnicas de inovação tenham objetivos mensuráveis para que o resultado não se perca pelo caminho. Ainda, por mais que você estude isoladamente esses passos, é importante você se comunicar nesses objetivos em uma linguagem universal , como no caso uma equipe de projeto, os proprietários e você.

O LEED consegue estabelecer essas metas de forma muito eficiente com um sistema que pontua cada uma dessas questões e lhe oferece premiação caso o objetivo seja atingido. O mercado compreende essa eficiência de forma mais qualificada do que você contando o quão sustentável é o que você faz e por fim você possui um amparo mercadológico.

É claro que algumas vezes o custo de projeto e obra podem aumentar em edifícios certificados. Muitas vezes isso acontece quando o time de projeto não possui objetivos muito claros do que estão querendo, ou a sinergia não está adequada entre os profissionais. Um projeto certificado obviamente exigirá mais tempo e esforço de todos os envolvidos, o que pode ser um risco que nem todos do time de desenvolvimento estejam dispostos a enfrentar.

É claro que possuímos o próprio custo da certificação, que inclui o registro, os consultores, um escopo maior do time de projeto e também da Autoridade de Comissionamento. Mas isso é muito pouco considerando o custo de uma obra, que é menos ainda se comparado ao custo do ciclo de vida de um edifício, aonde as pessoas vão viver e produzir por muito tempo. Grandes empresas entendem essas vantagens, e procuram empreendimentos certificados pois possuem funcionários mais felizes, que faltam menos, mais produtivos e que permanecem mais nessas empresas. Outro fator importante é a valorização de marketing dessas empresas, que podem ser bem expressivas.

COMO O LEED FUNCIONA?

De forma resumida, para você certificar um projeto você precisa atingir um certo número de pontos. Essa pontuação é relacionada a satisfação de diversos requisitos de Construção Verde. Se você coloca uma placa fotovoltaica em seu edifício você recebe pontuação. O mesmo acontece se estabelecer um bom nível de conforto acústico. Ou seja, o sistema de classificação LEED premia quanto mais você fizer pela edificação nos quesitos da sustentabilidade.

Você obtém níveis de certificação dependendo da soma dos benefícios alcançados. Para lhe dar uma visão geral, edifícios são certificados da seguinte forma:

  • LEED Certificado: 40 pontos
  • LEED Silver: 50 pontos
  • LEED Gold: 60 pontos
  • LEED Platinum: 80 pontos ou mais.

Baixe o Livro de Arquitetura Gratuitamente!

Webinário Gratuito em Inglês: Acupuntura Urbana

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

 

Post_Webnário_V2

* Webinário em inglês apenas.

Neste webinário Stephen Goldsmith (Center for the Living City), Mike Lydon (Street Plans Collaborative), e Erin Barnes (Ioby) discutem a influência de Jaime Lerner nas intervenções comunitárias urbanas. Webinário moderado por Jeff Wood (The Overhead Wire’s).

Assista gratuitamente REGISTRANDO-SE AQUI.

Material fornecido por nossos amigos da Island Press: www.islandpress.org

O Que É Massa Térmica?

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

[iframevideo] [/iframevideo]

VOCÊ SABE O QUE É MASSA TÉRMICA DE UM EDIFÍCIO?

A massa térmica de um edifício é a capacidade que alguns materiais têm de absorver calor ou frio. Também é a velocidade com que este calor ou frio é liberado para o ambiente. Uma edificação bem equilibrada e com massa térmica suficiente durante o inverno, absorve uma boa quantidade de calor durante o dia e libera este calor lentamente à noite.

Você já deve ter passado pela experiência de entrar em certos ambientes que durante o dia estavam bem quentes, e à noite que deveria ser fresca, isso não acontece e permanece o calor. Isso é resultado de materiais que não foram eleitos da forma correta para aquela temperatura e ambiente. Denominamos esta situação como Materiais de Inércia Térmica baixa. Estes compostos perdem o armazenamento de frio ou calor rapidamente, dependendo da estação, isso pode ser o causador de desconforto e elevado gasto de energia elétrica.

MATERIAIS DE ALTA MASSA TÉRMICA

Por outro lado, alguns destes elementos têm alta massa térmica como: alvenaria, concreto e pedra. Ou seja, estes materiais tem a capacidade de absorver, armazenar e liberar calor lentamente. Se eles forem empregados em regiões quentes e expostos sem nenhuma proteção ao sol, à noite quando o ambiente necessitar deste resfriamento rápido, isso não irá acontecer. Uma forma de amenizar este efeito seria de criar brises, regular a dimensão das aberturas das janelas e até mesmo um paisagismo externo em frente a algumas destas aberturas.

Um outro exemplo é a madeira, um material de baixa massa térmica. Ela absorve, armazena e libera calor ou frio muito rapidamente. Uma estratégia para utilizar este material de forma eficaz, seria a de aplica-la em forros ou assoalhos de regiões com climas frios. Desta forma o ar quente é absorvido pelo concreto da laje e repassa o calor ao assoalho de madeira lentamente. Esta madeira por sua vez, libera rapidamente para o ambiente interno o calor necessário, mantendo o ambiente na temperatura certa para seus usuários.

NOVOS MATERIAIS

Vale a pena lembrar que no mercado temos vários materiais novos e sendo desenvolvidos. Estes materiais muitas vezes possuem aditivos em suas massas que acumulam frio ou calor. Alguns exemplos são: argamassa de reboco que reduz em 10ºC a temperatura do ambiente, materiais com grande poder de isolamento como a lã de ovelha ou painéis de concreto reforçados e entre outras inúmeras soluções.

Leitura complementar: Thermal Mass (Autodesk Sustainability Workshop)

Comprometimento Urbanístico

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

[iframevideo] [/iframevideo]

COMO PODEMOS NOS COMPROMETER COM NOSSOS PROJETOS?

O entorno deve influenciar a arquitetura e nós devemos saber como podemos projetar para que estas influências se tornem viáveis.

Faz um tempo atrás, passamos por uma via de Curitiba e observamos que um edifício foi implantando corretamente em relação a legislação vigente, porém o embasamento deste edifício permitia que, em uma determinada rua secundária, toda uma testada fosse cega, a rua confrontante a esta edificação é estreita e nenhuma pessoa circulava pelo local. Muitas vezes os órgãos competentes estão preocupados com a técnica legislativa e não qualitativa.

Ao mesmo tempo no outro lado da rua, está inserido uma edificação da década de 70, a qual se via a movimentação de moradores, pedestres e crianças. Este benefício se deve ao fato desta edificação estar inserida com janelas térreas, muro baixo melhorando o visual para a rua, afastamentos adequados e outros elementos urbanos interessantes. Nos perguntamos, em que momento do tempo esta relação de edificação e seu entorno perdeu?

NOSSA RESPONSABILIDADE

Nós arquitetos e profissionais da área, temos uma grande responsabilidade, incentivando projetos mais inteligentes.

Segundo dados das Nações Unidas, até 2030, cinco bilhões de pessoas ou “60%” da população mundial viverá em meios urbanos. Sendo assim, a primeira ideia que devemos levar em consideração, é que não existe uma construção que não impacte em seu entorno. Também que novos usos estão surgindo a cada ano e a cidade se movimenta diferente em torno destes serviços.

O convívio entre diferentes grupos culturais garante a participação desta população na vida pública. Uma feira de bairro, um comércio diferenciado, tudo isso agrega valor e as pessoas se sentem mais parte da cidade.
Um outro tipo de diversidade necessária é a funcional. Acreditamos que esta é a principal diretriz para um desenvolvimento sustentável. Um bairro deve ter diferentes funções como: espaços de convívio, trabalho, ensino e outros. Também deve minimizar deslocamentos desnecessários, promovendo espaços públicos com melhor utilização e reduzindo fluxo de veículos.

Aplicar questões urbanas é o mesmo que repensar o homem e suas relações com o entorno. É fazer uma cidade voltada exclusivamente para as pessoas que utilizam estes espaços. Questões como caminhar com facilidade, segurança, trânsito em massa adequado e uso misto do solo bem otimizado, são conceitos que não podemos mais nos desfazer.

8 Motivos Para Você Se Tornar Um LEED Green Associate

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

CONHEÇA TODAS AS VANTAGENS DE SE TORNAR UM PROFISSIONAL LEED GREEN ASSOCIATE

[iframevideo] [/iframevideo]

A Construção Civil é um setor que viveu um constante crescimento nos últimos anos. Mesmo com os balanços recentes da economia, ainda é possível olhamos para o horizonte e detectarmos andaimes, guindastes e prédios em construção, resquícios de uma era que torcemos pelo retorno.

Além da queda na oferta de trabalho, o mercado está saturado por uma grande quantidade de profissionais oferecendo mais do mesmo. Para se destacar nesse meio inóspito é necessário pensar no futuro e analisar propostas que possam trazer vantagens em longo prazo, tanto para você quanto para o cliente.

Se tornar um LEED Green Associate é um diferencial no mercado de trabalho e na forma de ver o mundo. Ao se tornar um LEED GA você fará parte do grupo de profissionais que constroem sem destruir – ou destruindo o mínimo possível – além de descobrir um novo mundo presente na construção sustentável.

ENTRE AS VANTAGENS DE SE TORNAR UM LEED GREEN ASSOCIATE, SEPARAMOS AS 8 PRINCIPAIS:

1.    Variedade de Profissionais

O exame pode ser feito por diversos profissionais, desde arquitetos e engenheiros até construtores, corretores de imóveis e estudantes que estejam interessados na construção sustentável.

2.    Conhecimentos Básicos e Fundamentais

Um ponto importante da acreditação LEED Green Associate é que os conhecimentos explorados são considerados básicos e essenciais, que envolvem conceitos de construção civil, design e adaptações de uma estrutura sustentável. Tais conhecimentos irão proporcionar uma visão diferenciada do mundo, fazendo com que seu projeto se destaque em meio aos outros por ser único e por oferecer o melhor no quesito de green building.

3.    Primeiro Passo Para Uma Carreira Verde

A acreditação LEED Green Associate é o primeiro passo a ser dado por aqueles que buscam seguir carreira na arquitetura sustentável. Além da atualização bienal de conhecimentos, é possível evoluir sua expertise, tornando-se um LEED AP. O Green Associate é uma porta de entrada para novos conhecimentos.

4.    Ser um Profissional Diferenciado

Independente da área na qual você atua, é importante ter a consciência que o mercado está sempre buscando algo novo. Tendo em vista a grande demanda por engenheiros e arquitetos, possuir uma acreditação LEED Green Associate é um grande diferencial. Só um profissional que conhece os recursos sustentáveis profundamente poderá proporcionar o melhor para seu cliente.

5.    Mais Oportunidades

Como diria Darwin, os mais aptos são os que permanecem. Ao possuir a acreditação LEED Green Associate você certamente receberá mais oportunidades de emprego, visto que a sustentabilidade está em voga, além de promoções, podendo até trabalhar com construção sustentável fora do país.

6.    Projetos Mais Econômicos

Estudos indicam que um projeto LEED não custa mais caro que um usual, e poder propor isso a um cliente é um ponto importante. Além disso, você estará oferecendo um projeto que, em longo prazo, economizará ainda mais, levando em conta as economias de manutenção, de produtividade e na qualidade de vida dos usuários.

7.    Qualidade do Trabalho Final

Apesar de ser o tipo de projeto que se preocupa com a sustentabilidade, os projetos que utilizam o LEED são feitos pensando na sociedade como um todo. O sistema LEED se preocupa com a qualidade de vida de seus trabalhadores, assim como dos futuros habitantes, proporcionando uma melhoria na qualidade de vida.

8.    Facilidade em Adquirir a Acreditação

A prova para a acreditação LEED Green Associate agora é disponibilizada em Português, e no Brasil o órgão responsável é o GBC Brasil. Antes, para adquirir uma acreditação era necessário realizar uma prova em Inglês, no entanto, hoje a prova possui sua versão traduzida para o Português, facilitando ainda mais a aquisição.

Sustentabilidade é uma tendência na arquitetura do século XXI devido aos danos causados pela Construção Civil. Muitos desses danos são ambientais e permanentes, pois grande parte dos recursos naturais foi esgotado e uma alta quantidade de lixo e poluição foi deixada.

Um projeto desenvolvido desde o início com foco na sustentabilidade pode economizar até 80% de resíduos e 50% do uso da água. Essa economia é um atrativo tanto para empresas quanto para pequenas residências, uma vez que o projeto possui recursos para manter-se sustentável com o passar dos anos. Apenas um profissional acreditado LEED Green Associate terá os conhecimentos necessários para garantir ao cliente uma construção 100% verde.