fbpx

Aprenda a cultivar uma horta sustentável

Aposto que tem sempre teve vontade de ter sua própria horta, mas possui várias dúvidas, não é mesmo?

Existem várias escolhas que você precisa fazer para tornar sua horta sustentável e que atenda suas necessidades.

A verdade é que uma horta sustentável pode ser montada em qualquer lugar. Na sua casa, em escolas, em praças e assim por diante.

Ela permite que você tenha alimentos frescos e saudáveis sempre disponíveis.

Hoje, diversas cidades já possuem hortas comunitárias. Em comunidades, as hortas unem os moradores e transformam espaços abandonados.

Ao contrário do que muitos imaginam, não é necessário ter um grande espaço para uma horta. Ela pode ser cultivada em pequenos canteiros e até em vasos dentro de casa.

Inclusive, existem sistemas de horta que nem precisam de terra.

Neste artigo vamos ensinar a ter uma horta sustentável onde você quiser.

Você vai aprender:

  1. Os principais tipos de horta
  2. Como começar: escolhendo o local adequado
  3. Cuidados gerais
  4. Sugestões de alimentos, hortaliças e temperos para cultivar
  5. Dicas para organizar uma horta comunitária

Você precisará dar um pouco de cuidado e atenção diariamente para uma horta. Mas o cultivo de alimentos tem diversas vantagens.

 

1. Os principais tipos de horta

  • Canteiros no chão

Essas são as mais comuns. Você só precisa separar espaços para plantio em seu jardim.

Horta Sustentável
Canteiros no chão. Fonte: Revista Casa e Jardim

Geralmente, esses canteiros ficam um pouco elevados da grama. Assim, você separa a grama do cultivo. Evitando que o gramado avance para o canteiro.

Para fazer essa elevação, você pode utilizar madeira, bambu, pedras e até restos de construção.

  • Canteiros elevados

Uma opção para hortas mais confortáveis são as hortas elevadas. Elas são ergonômicas porque você não precisa abaixar para manusear o canteiro. Ele fica na altura das mãos.

Horta Sustentável
Exemplo de Horta elevada. Fonte: Jardim do Mundo

Hortas elevadas podem ser feitas tanto em áreas externas quanto internas. Em apartamentos, você irá precisar de vasos.

  • Horta em vasos

Uma horta sustentável também pode significar alguns alimentos plantados em vasos. Se você não tem um quintal, esses vasos podem ficar dentro de casa. Eles podem compor, inclusive, um jardim vertical.

Horta Sustentável
Horta em vasos. Fonte: Casa Vogue

Jardins verticais são conformados por um conjunto de plantas na vertical. Geralmente, elas também cumprem função decorativa.

Já imaginou uma casa com decoração comestível? O potencial das plantas vai muito além de decorar a casa.

  • Aquaponia

Nesse sistema as plantas ficam diretamente na água. Ou seja, as plantas não vão ficar sujas com terra.


Sistema de Aquaponia. Fonte: SIRAN

Entretanto, você vai precisar de um sistema que renove a água periodicamente. Além disso, essa água precisa receber nutrientes específicos.

Uma boa ideia é utilizar água da chuva para esse fim. Já que essa água não é potável. Você pode integrar os dois sistemas e assim economizar água.

  • Hortas comunitárias

Hoje muitas comunidades estão se organizando para cultivar hortas comunitárias. Praças ou terrenos abandonados são ótimos locais para isso.


Horta comunitária em Sapucaia do Sul. Fonte: Jornal do comércio.

A ideia vai muito além de cultivar alimentos. As hortas comunitárias unem as comunidades. E podem transformar terrenos abandonados em locais bonitos. Inclusive, valorizando uma área ou um bairro.

2. Como começar – escolhendo o lugar adequado

Antes de montar os canteiros, é necessário escolher um bom local para plantar.

Geralmente as hortaliças precisam de bastante sol. Contudo, sol demais também pode ser prejudicial. De preferência, eles devem receber entre 6 a 8 horas de sol diariamente. O ideal é escolher um lugar onde as plantas recebem o sol da manhã.

O lugar perfeito para uma horta é voltado para o leste e sombreado na parte oeste.

Cuidado com o vento. Em excesso ele pode ressecar a terra e impedir o crescimento das plantas. Se o local disponível receber muito vento, crie barreiras. Elas podem ser arbustos, muros, etc.

Atente-se à disponibilidade de água. Se a sua horta é dentro de casa, você será responsável por regá-la sempre que necessário. Já em áreas externas, as regas precisam ser feitas em dias secos, sem chuva.

Portanto, confira se há alguma fonte de água disponível próximo de sua horta.

Pense em sua rotina de cultivo da horta, colheita e preparo dos alimentos. Da horta, o alimento vai direto para a cozinha, certo? Então, quanto mais próxima estiver a horta da cozinha, mais fácil.

3. Cuidados gerais de uma horta sustentável

Alguns cuidados são necessários para uma horta sustentável funcionar. Você precisa garantir que a terra esteja sempre úmida, mas com uma boa drenagem. Ou seja, não pode ficar muito alagada.

Cada planta pode precisar de cuidados diferentes. Algumas precisam de mais sombra, outras precisam de mais sol. Além disso, elas possuem épocas de plantio e colheita. Tenha isso em mente no momento de organizar seu canteiro.

Diferentes plantas podem ser cultivadas juntas no mesmo canteiro. Assim, a terra não se desgasta.

Para deixar a terra mais nutritiva, você pode adicionar compostos orgânicos.

Já ouviu falar em compostagem? Nós temos um artigo completo sobre o tema.

A compostagem gera um líquido preto chamado chorume. Esse líquido, misturado com água, é muito benéfico para as plantas. Assim você garante que elas tenham uma terra saudável e rica em nutrientes.

4. Sugestões de alimentos, hortaliças e temperos para cultivar

Aqui, trouxemos sugestões do que você pode plantar em sua horta sustentável.

Para hortas em apartamentos:

  • Salsa
  • Cebolinha
  • Hortelã
  • Alecrim
  • Tomate Cereja
  • Alface
  • Rúcula
  • Agrião
  • Couve
  • Morango
  • Gengibre

Se você tem um quintal ou espaços mais amplos, as opções aumentam. Além dos mencionados acima, você pode plantar:

  • Brócolis
  • Batata Doce
  • Cenoura
  • Pepino
  • Milho
  • Beterraba

Essas são algumas sugestões. Mas as possibilidades vão além disso. Escolha alimentos que você gosta de consumir. E então, pesquisem sobre época de plantio e cuidados necessários.

5. Dicas para hortas comunitárias

Para que uma horta em comunidade funcione, é necessária uma boa organização. Estabeleça pessoas e horários para cuidar do espaço.

Organize dias de colheita e a distribuição de alimentos. Assim, todos que contribuem na horta têm direito aos alimentos que são cultivados.

Observe se o terreno que for utilizado é público ou particular. Se for particular, peça autorização ao proprietário.

Preze pelo bom convívio entre a comunidade. Uma horta sustentável é um ótimo lugar de encontro e trocas de saberes.

Concluindo

Dependendo do lugar que você tem disponível, pode escolher entre os diferentes tipos de horta. Preste sempre atenção na incidência de sol nas plantas.

Não esqueça que as plantas são seres vivos, elas precisam de sol, água e nutrientes.

Uma horta sustentável é uma ótima fonte de alimentos frescos e saudáveis. Com alguns cuidados diários, você pode ter alimentos orgânicos em sua própria casa.

dezembro 29, 2020
© 2018 UGREEN