fbpx

O que é Permacultura?

A palavra Permacultura originou-se da expressão em inglês “permanent agriculture”. Hoje, devido a sua abrangência, esse termo passou a ter o significado de “cultura permanente”. Esse termo propõe uma cultura que visa a nossa permanência neste planeta em harmonia com a natureza.

A prática foi criada por Bill Mollison, professor de psicologia ambiental, e David Holmgren, seu aluno, na década de 1970.

Segundo Bill, a Permacultura “é um sistema de design para a criação de ambientes humanos que sejam sustentáveis e produtivos, em equilíbrio com a natureza”.

Essa técnica une práticas ancestrais aos conhecimentos modernos das áreas, principalmente, de ciências agrárias, engenharias, arquitetura e ciências sociais.

A Permacultura trata de animais, plantas, edificações e infra-estruturas, bem como, dos relacionamentos criados entre eles conforme sua composição em um terreno, de forma a criar ambientes humanos em harmonia com a natureza.

Principais Aspectos da Permacultura

Segundo Rosemary Morrow, os principais aspectos dessa prática podem ser resumidos como:

  • Uma síntese do conhecimento tradicional e de ciências modernas, aplicável a situações urbanas ou rurais.
  • Um sistema para a criação de comunidades humanas sustentáveis que integra design e ecologia.
  • Um estímulo para nos tornarmos parte consciente de soluções frente aos inúmeros problemas que enfrentamos local e globalmente.
  • Tornar os sistemas naturais como modelo e trabalha com a natureza para projetar ambientes sustentáveis que possam prover as necessidades humanas básicas, bem como as infraestruturas que as apoiam.

Princípios Éticos e de Planejamento

É através dos princípios éticos aplicados à prática da ecologia que os permacultores trabalham o viver. Cada permacultor tem a função de criar seu solo e armazenar água: que são as bases da vida.

Os princípios éticos são:

  1. Cuidar da terra.
  2. Cuidar das pessoas.
  3. Compartilhar excedentes.

 

Os princípios éticos devem estar sempre apoiando e guiando os princípios do planejamento. São eles:

Esses doze princípios foram desenvolvidos ao longo de mais de duas décadas e publicados em 2002 por David Holmgren no livro “Permacultura: princípios e caminhos além da sustentabilidade”. O livro foi publicado em português no Brasil em 2013. Segundo Holmgren (2013, p.12):

“Os primeiros seis princípios consideram os sistemas de produção sob uma perspectiva de baixo para cima dos elementos, organismos e pessoas. Os demais seis enfatizam a perspectiva de cima para baixo dos padrões e relações que tendem a emergir por meio da auto-organização e coevolução dos ecossistemas”.

Abaixo podemos ver o símbolo da Permacultura:

 

“O formato oval, do símbolo da permacultura, representa o ovo da vida; aquela quantidade de vida que não pode ser criada ou destruída, mas que é expressada e emana de todas as coisas vivas. Dentro do ovo está enrolada a serpente do arco-íris, a formadora da terra dos povos aborígines. No centro está a árvore da vida, a qual expressa os padrões gerais das formas de vida. Suas raízes estão na terra e sua copa na chuva, na luz do sol e no vento. O símbolo inteiro e o ciclo que representa, é dedicado à complexidade da vida no planeta Terra.” (Extraído de “Introdução a Permacultura” de Bill Mollison)

Fonte: setelombas.com.br

maio 19, 2018
© 2018 UGREEN