fbpx

Certificação EDGE – Uma Ótima Opção Para Certificações Sustentáveis

Certificações como o LEED navegaram por muito tempo por águas tranquilas, abocanhando grande parte do mercado de Green Buildings nos últimos 15 anos.

No entanto, muito mudou: dezenas de novas certificações surgiram em busca de suprir os nichos não atendidos pelo LEED e também procurando uma fatia do mercado sustentável em franca expansão.

Uma das certificações mais comentadas nos últimos anos é a Edge. No entanto, será que está certificação vale a pena?

Continue lendo para obter um ótimo panorama sobre a Certificação Edge…

Mas antes, um panorama do mercado atual.

Um Mundo Pós-Certificação

Certificações são vistas hoje com muito mais ceticismo do que há 10 anos, quando elas entraram para valer no mercado brasileiro. As grandes construtoras aprenderam, implementaram e analisaram os resultados obtidos.

Muitas encontraram sim, ótimos resultados, principalmente em edificações de escritórios. Outras empresas encontraram burocracia, restrições e até mesmo pouca conversão em venda dependendo da qualidade da certificação adotada, principalmente no setor residencial.

Para comprovar minha tese, conversei com algumas das maiores construtoras do sul do país, no qual prestamos consultoria.

A primeira trabalha em empreendimentos com um alto padrão de qualidade. Nesta conversa, foi dito que a empresa não adotava mais as certificações pois elas estavam “engessando” seus projetos. O cliente de alto padrão aquisitivo ficava impedido de realizar as mudanças que gostaria em seu próprio imóvel, aumentando a insatisfação.

Outra grande empresa que trabalhamos comentou que não viu o retorno do investimento, isso porque a certificadora não os ajudou a depurar os dados para trabalhar de forma efetiva com o setor de marketing.

Apesar da segunda empresa ter perdido oportunidades devido a erros internos, é inegável que nem todas as certificações são boas para todos os projetos. Principalmente considerando empreendimentos que conseguiram “hackear” o modelo, obtendo projetos certificados sem atender o mínimo solicitado pela Norma de Desempenho, que seria uma diretriz considerada mais básica na maioria dos critérios.

Este panorama, em conjunto com as novas certificações disponíveis e a crise, deixou incorporadores confusos e preocupados sobre qual certificação seria a melhor opção para seus próximos projetos…

E é neste panorama que o Edge se torna uma ótima opção.

Como Funciona a Certificação Edge?

A EDGE (Excellence in Design for Greater Efficiencies) foi criada pela IFC (International Finance Corporation) com o objetivo de tornar mais fácil e acessível o processo das certificações.

Empreendimentos podem obter certificação atingindo uma redução projetada mínima de 20% no uso de energia e água, além da economia da energia incorporada em materiais, quando comparados com um edifício padrão.

Portanto, torna-se uma certificação mais simples e adaptável em diversas regiões do mundo, diferentemente do LEED que necessita de uma série de ajustes devido a padrões industriais ou normas técnicas internacionais.

Se por um lado encontramos nas certificações atuais um modelo onde a submissão de documentos para uma revisão manual um processo lento e cansativo, o Edge traz simplicidade através de dados prescritivos no Edge App, o principal diferencial encontrado pela certificação.

O aplicativo permite que você determine rapidamente a combinação ideal de estratégias de projeto de construção para o melhor retorno do investimento. Abaixo podemos ver uma amostra do simulador online rodando um edifício de escritórios através de dados prescritivos:

Como podemos observar, a edificação capta dados de diversos tipos de projeto, desde escritórios, hospitalidade, varejo, indústrias leves, armazéns, hospitais, instalações educacionais e… residências, que é justamente um dos “pontos fracos” do LEED no Brasil.

Os Principais Benefícios da Certificação Edge

Abaixo estão alguns dos diferenciais que podem ser obtidos por meio da certificação, conforme relatado pelo Próprio EDGE:

  • Planejamento de investimentos: EDGE é uma ferramenta de planejamento de investimentos gratuita e fácil de usar que calcula rapidamente o ROI para suas estratégias de construção ecológica.
  • Economia do projeto: é possível utilizar o EDGE para projetar e relatar rapidamente suas economias de energia, água e emissões de Gases de Efeito Estufa.
  • Desenvolvido por dados: O banco de dados avançado da EDGE compreende as condições climáticas locais e o uso da construção
  • Simplicidade: Todas as simulações de eficiência são incorporadas à plataforma e a certificação pode ser obtida através da documentação existente.
  • Reconhecimento internacional: A certificação EDGE é mundialmente reconhecida e apoiada pelo World Bank Group (Banco Mundial).
  • Excelência em serviços: O GBCI pode rapidamente certificar seu projeto a um custo modesto comparado com outras certificações.

Um Exemplo Pelo Mundo

O edifício IQON se tornará o mais alto da cidade e Quito. Com projeto do Grupo Bjarke Ingels (BIG), o IQON contém 154 apartamentos com escritórios e lojas.

O edifício abraça a natureza, com árvores e plantas subindo a fachada de 33 andares. O exterior é feito de caixas rotativas de concreto que formam um desenho geométrico único, servindo ao duplo objetivo de uma “fazenda urbana de árvores” e de terraços privados para os moradores.

As árvores nativas da região serão plantadas nas caixas de concreto exteriores até que superem o espaço e sejam transportadas no parque de La Carolina, criando um ciclo de retorno ao ambiente natural.

Além dos recursos ecológicos para a melhoria do meio ambiente e redução do consumo de água e energia, o escritório também optou por usar materiais locais e métodos sustentáveis ​​de paisagismo e gerenciamento de resíduos para o edifício.

Estratégias Utilizadas

Energia: Tintas / ladrilhos refletivos para paredes externas e do teto, dispositivos de sombreamento externos, vidro com revestimento de baixa densidade, bomba de calor para geração de água quente, iluminação que economiza energia, controles de iluminação para corredores e escadas e coletores solares de água quente.

Água: Chuveiros e torneiras de baixo fluxo, armários de descarga dupla, sistema de captação de águas pluviais e sistema de tratamento e reciclagem de águas cinzas.

Materiais: Uso controlado de concreto para lajes, construção de telhados e paredes externas; placas de gesso sobre pregos de metal e blocos de concreto ocos de peso médio para paredes internas.

Custos da Certificação Edge

O Edge é sempre mencionado como “uma certificação mais acessível”, onde com um investimento reduzido você poderá certificar uma edificação. Isso não acontece em todos os casos, variando bastante dependendo da área do projeto a ser certificado.

A melhor forma de saber os custos da certificação é submetendo-o através do Edge App. Porém, a fins de dimensionamento básico de custos, eles são os seguintes:

  • Taxa de registro: Taxa fixa de US$300 dólares.
  • Taxa de certificação: US$0,22 por m², descontando garagens.
  • Taxa de auditoria de projeto: US$4.000,00.
  • Taxa de auditoria de obra: US$4.000,00.

Logo, projetos com maior área serão beneficiados pelos custos da certificação. Algumas vezes estes custos podem se tornar até mais caros que o LEED. No entanto, a vantagem do Edge é que o processo de certificação é bastante simplificado pelo Edge App, poupando alguns custos altos para consultores que o LEED sempre exige.

Pronto Para Iniciar Seu Crescimento Sustentável?

Muitos possuem dúvidas se o Edge é a melhor opção de investimento para seu projeto. Principalmente considerando a quantidade de certificações disponíveis no mercado atual.

Quer descobrir qual é a melhor certificação para seu investimento?

Clique aqui para agendar uma sessão de estratégia online e gratuita.

agosto 31, 2019
© 2018 UGREEN