fbpx

CHEGOU A HORA?

Vamos abordar um pouco sobre o cenário do BIM no Brasil e a implantação da tecnologia em escritórios de arquitetura, engenharia ou construtoras.

Como estamos hoje neste aspecto? Muitos consideram que estamos atrasados perante outros países e outros acham que estamos absorvendo muito bem, obrigado.

Falando antes sobre o panorama mundo, ele é muito promissor: Segundo uma pesquisa realizada pelo Smart Market Report da McGraw Hill realizada em 2008, equipem quem implementam BIM notam uma redução de até 40% das alterações em projetos e 80% na redução de tempo as para estimativas de custo, conseguindo criar uma precisão de até 97%. Essa pesquisa também indica  uma economia por volta de 10% dos contratos pela descoberta de interferências em projetos.  Em 2014 outro relatório da mesma instituição pesquisou os cinco continentes e 75% dos entrevistados dizem que possuíram um ROI de 75% com o uso do BIM.

BIM NO BRASIL

Mas e o cenário de BIM no Brasil? Em 2013 a PINI realizou uma pesquisa sobre a utilização do BIM com 600 entrevistados, de praticamente 50% engenheiros e 50% de arquitetos. A conclusão é que 90% deles pretendem usar a tecnologia nos próximos 5 anos. Na época dessa pesquisa, apenas 40% dos entrevistados utilizavam a tecnologia. Desses que utilizam BIM, mais de 80% utilizava a tecnologia para projetos, 60% para extração de quantitativos e cerca de 50% a utilizavam para compatibilização de projetos.

E a verdade é que isso vai acontecer cada vez mais, principalmente considerando os impulsos governamentais. No Reino Unido desde 2011 é obrigatório você entregar projetos em BIM nível 2 para projetos governamentais. Vários estados brasileiros também estão se articulando nesse aspecto, para um futuro que na nossa opinião é irreversível.

Vamos falar mais um pouco sobre isso na Semana do BIM. Acesse!

janeiro 24, 2018
© 2018 UGREEN