fbpx

ENTENDENDO A GESTÃO DE EDIFICAÇÕES

Primeiro precisamos entender a questão da gestão de edificações: chamamos a gestão – ou Facility Management – a etapa do ciclo de vida de uma construção que garante a funcionalidade de um ambiente construído. Ele traz a integração dos usuários do edifício com os espaços em funcionamento desta edificação, garante a qualidade contínua para a saúde dos ambientes, o correto funcionamento de equipamentos – como ar condicionado, computadores, iluminação, acústica entre outros – e por fim gerencia os sistemas de segurança para a edificação.

Os custos da manutenção de um edifício correspondem em média 80% do custo total do ciclo de vida de uma construção. O Gerenciamento de Facilities é baseado em 3 fatores principais: processos, pessoas e locais. E a plataforma BIM na gestão de edifícios está sendo implantada para integrar esses fatores e tornar esta interação mais transparente e segura.

COMO O BIM PODE AJUDAR

A partir do momento que foi detectado que esta etapa é a que mais custa, houve um grande aumento do interesse das empresas nesses sistemas e nas companhias que realizam a criação de softwares para este fim. A cada dia surgem mais e mais alternativas para facilitar a implantação do sistema BIM na gestão de Facilities. Como um exemplo, uma das ferramentas para este mercado é o COBIe ou Construction Operations Building information exchange. 

O COBie é um padrão para a troca de informações do edifício e o seu objetivo é a troca de dados. A informação nesta ferramenta é gerada em tempo real, ou seja, o gestor responsável pela manutenção do edifício possui os dados necessários no momento que precisar. Desta forma decisões sobre possíveis problemas no edifício ou sobre melhorias que devem ser feitas periodicamente, podem ser tratadas no mesmo momento ou até mesmo antes, pela detecção de possíveis problemas que podem vir a acontecer. Este sistema será obrigatório no Reino Unido até o final de 2016 e deve estar disponível em todas as construções. O BIM na gestão desses empreendimentos em conjunto com as novas tecnologias que estão surgindo prometem um futuro muito mais econômico e sustentável para as nossas edificações.

janeiro 24, 2018
© 2018 UGREEN