fbpx

Você já ouviu falar da Certificação LEED, certo?

A Certificação LEED está presente em diversos países e é aplicada em várias categorias de construções. Escrevemos um artigo sobre essa certificação, caso você queira saber mais.

No Brasil, temos muitas construções, comerciais e empresariais, com certificação LEED. No entanto, quando se trata de casas e condomínios, a cultura da construção brasileira não avança da mesma forma.

Por isso, surgiu o Referencial GBC Casa e Condomínio. Através dessa certificação, ocorre o incentivo das construções de casas e condomínios sustentáveis.

Neste artigo você vai entender:

  1. O que é o Referencial Casa e Condomínio;
  2. Como funciona;
  3. Exemplos de Construções Certificadas com o Referencial Casa e Condomínio;
  4. Vale a pena Certificar?

Ficou interessado?

Então continue lendo esse artigo para saber mais sobre o Referencial GBC Casa e Condomínio.

1. O que é o Referencial Casa e Condomínio?

O Referencial GBC Casa e Condomínio foi criado pela GBC Brasil, que é uma entidade ligada à construção sustentável. Ela avalia e informa sobre eficiência e sustentabilidade.

O objetivo dessa certificação é incentivar a produção de construções que considerem os aspectos:

  • Econômicos;
  • Sociais;
  • Ambientais.

Dessa forma, as fases de projeto, construção, operação e manutenção terão os desempenhos necessários para casas e condomínios, tanto verticais quanto horizontais.

2. Como Funciona o Referencial Casa e Condomínio

O objetivo da certificação é transformar o setor da construção. Portanto, é necessária a implementação de estratégias que interfiram em 6 tópicos:

  1. Mudanças Climáticas;
  2. Saúde e Bem-Estar;
  3. Benefícios Econômicos
  4. Recursos Hídricos;
  5. Biodiversidade;
  6. Educação e Comunicação.

O GBC Referencial Casa e Condomínio possuí 4 níveis de certificação. As classificações são: Certifield, Silver, Gold e Platinum.

O processo para a conquista da certificação possui 4 etapas:

Registro → Verificação → Revisão → Certificação

  1. Registro: equipe define objetivo de certificação no início do projeto;
  2. Verificação: Acompanhamento da obra durante a construção e após a conclusão;
  3. Revisão: análise de documentos e formulários correspondeste às execuções do projeto;
  4. Certificação: correspondente à pontuação dos créditos atingidos.

Para conseguir o nível de certificação desejado, é necessário atingir uma pontuação mínima.

Vamos entender na sequência, como funcionam as pontuações do Referencial GBC Casa e Condomínio.

Categorias e Pontuações

No Referencial GBC Casa e Condomínio existem 8 categorias:

  1. Implantação: 21 pontos possíveis;
  2. Uso racional da água: 12 pontos possíveis;
  3. Energia e Atmosfera: 28 pontos possíveis;
  4. Materiais e Recursos: 14 pontos possíveis;
  5. Qualidade Ambiental Interna: 18 pontos possíveis;
  6. Requisitos Sociais: 5 pontos possíveis;
  7. Inovação e Projeto: 10 pontos possíveis;
  8. Créditos Racionais: 2 pontos possíveis.

Nelas é necessário cumprir, além do cumprimento dos requisitos obrigatórios, pelo menos a pontuação mínima em créditos.

O total de pontos possíveis é de 110 pontos. E a classificação acontece da seguinte forma:

  • Certifield: 40 – 49 pontos;
  • Silver: 50 – 59 pontos;
  • Gold: 60 – 79 pontos;
  • Platinum: 80 pontos ou mais.

O Referencial GBC Casa e Condomínio incentivas práticas como:

  • Implementação de estratégias sustentáveis nas áreas comuns e de entorno do condomínio;
  • Utilização da energia solar para aquecimento de água e fornecimento de energia elétrica;
  • Coleta seletiva dos resíduos;
  • Reuso adequado da água para irrigação e limpeza;
  • Aumento das áreas permeáveis;
  • Uso de materiais e produtos sustentáveis, que causem menor impacto ambiental e social.

Ao colocar estratégias como essas em prática, os moradores se conectam com os benefícios das práticas sustentáveis. Portanto, a popularização dos conceitos de sustentabilidade aumenta.

3. Exemplos de Construções Certificadas com o Referencial Casa e Condomínio

Fazenda Catuçaba, por Studio MK27, Marcio Kogan e Lair Reis – Catuçaba, Brasil, 2016

A casa da Fazenda Cataçaba é um projeto com Certificação Platinum pelo Referencial GBC Casa.

Para alcançar a pontuação necessária, foram aplicadas estratégias sustentáveis como:

  • Uso de madeira certificada FSC;
  • Uso de tijolo maciço feito com terra do local;
  • Divisórias em wood frame com isolamento de lã de PET;
  • Vidros duplos para conforto térmico do ambiente interno;
  • Utilização de placas solares térmicas e fotovoltaicas;
  • Instalação de turbina eólica para a complementação do sistema.

4. Vale a pena Certificar?

Ao conquistar uma certificação Referencial GBC Casa e Condomínio, vários impactos positivos são atingidos:

  • Melhores condições de Conforto Interno e Externo;
  • Redução da Poluição;
  • Diferenciação do imóvel no mercado;
  • Melhorar a relação de órgãos ambientais e comunidades;
  • Economia de água e energia elétrica;
  • Custos mais baixos para manutenção e operação;
  • Aumento do interesse das pessoas pelo imóvel.

No entanto, muito se questiona sobre a necessidade de certificar um empreendimento, principalmente em casos de projetos residenciais.

Um dos principais motivos para certificar um empreendimento é o marketing envolvido. Nos casos residenciais e de condomínios, o marketing só pode ser utilizado nos momentos de compra e venda do imóvel.

Por isso, é importante analisar se pagar para cerificar uma casa ou condomínio é a melhor alternativa.

Independente da escolha de certificar ou não o empreendimento, tiramos duas conclusões importantes do processo de certificação:

  1. A consciência sustentável nos consumidores, empreendedores imobiliários e profissionais da Construção Civil, torna as estratégias sustentáveis mais práticas e eficientes;
  2. A implementação de uma estratégia para alcançar um projeto sustentável é fundamental.

Concluindo…

Como vimos neste artigo, a educação da população é crucial para a criação do senso crítico sobre a aplicação de práticas sustentáveis.

Através da educação a população estará mais preparada para cobrar práticas e políticas sustentáveis.

Com isso, será consequência a redução do consumo de recursos que estão cada vez mais limitados nos centros urbanos.

A sociedade tem buscado o equilíbrio do tripé da sustentabilidade: pessoas, planeta e lucro.

Escolhas sustentáveis criarão como consequência um futuro equilibrado.

Pronto Para Iniciar Seu Crescimento Sustentável?

Existem diversas certificações disponíveis no mercado atual. Por isso, talvez você se pergunte se a certificação Referencial GBC Casa e Condomínio é a melhor opção de investimento para seu projeto.

Quer descobrir qual é a melhor certificação para seu investimento?
Clique aqui para agendar uma sessão de estratégia online e gratuita.

setembro 30, 2019
© 2018 UGREEN