fbpx

Você já utilizou algum sistema com energia solar em seu projeto?

O uso de energia solar tem se tornado cada vez mais comum. Leis de incentivo tem surgido e isso faz com que estes sistemas sejam mais importantes.

Um destes sistemas é o Aquecimento Solar. Ele utiliza a energia renovável do sol para fornecer água para o projeto em questão.

Em São Paulo, por exemplo, desde 2008 é obrigatório o uso de aquecedores solares no caso de:

  • Residências com 4 ou mais banheiros;
  • Academias, clínicas e hotéis que utilizam sistema de aquecimento de piscinas;
  • Estabelecimentos que fazem uso intensivo de água quente.

Por isso, vamos entender neste artigo mais sobre Aquecimento Solar:

  1. O que é;
  2. Como funciona;
  3. Vantagens;
  4. Custo X Benefício.

Continue lendo para entender mais sobre Aquecedores Solares.

O que é?

O Sistema de Aquecimento Solar é responsável por aquecer a água através da energia do sol.

O Brasil é um dos países mais favoráveis do planeta para a utilização do Sistema de Aquecimento Solar.

Em locais mais frios do país, podem ser utilizados sistemas de apoio a gás ou elétricos. E mesmo nesses casos, o Aquecimento Solar de água é uma boa alternativa para economia.

Na sequência, vamos entender como os Aquecedores Solares funcionam.

Como funcionam os Aquecedores Solares

O sistemas de Aquecimento Solar é composto por:

  • Coletores: que captam a energia do sol;
  • Reservatório Térmico (Boiler): onde a água é armazenada para ser utilizada quando não há mais incidência solar.

O Boiler é um espaço para armazenar a água quente, semelhante à caixa d’água. Portanto, mesmo em dias nublados ou noites, é possível ter água aquecida.

Os aquecedores acompanham um sistema auxiliar, caso ocorra pouca incidência solar. Este sistema pode ser elétrico ou a gás.

As placas solares devem ser localizadas e inclinadas de acordo com cada região. Mesmo variando as regiões, é possível ter água quente o ano todo.

Agora, vamos entender o passo a passo do Sistema de Aquecimento Solar:

  • Passo 1: A caixa de água fria (tradicional), abastece o reservatório térmico;
  • Passo 2: O reservatório térmico alimenta o coletor solar;
  • Passo 3: O coletor absorve a radiação solar, através das placas de vidro do painel;
  • Passo 4: Após absorver, ele transfere o calor para a água;
  • Passo 5: A água aquecida é devolvida para o reservatório térmico;
  • Passo 6: A água está pronta para ser distribuída para os pontos necessários.

O sistema funciona como termossifão ou circulação natural.

Isso significa que o sistema transporta a água quente do reservatório sem a necessidade de bombas.

Mas como isso é possível?

Pela água quente ser menos densa, ela é consequentemente empurrada. Isso resulta numa circulação natural do sistema.

A instalação é simples e rápida e pode ser feita em um dia.

Classificações de Aquecedores Solares e Aplicações

No mercado, existem dois tipos básicos de Aquecedores Solares:

  • Aquecedores Planos: placas de absorção solares;
  • Aquecedores Evacuados: coletores com tubo de vácuo. Podem ser de fluxo direto ou de reservatório acoplado.

Estes sistemas podem ter diferentes instalações:

  • Residencial: abastecendo todos os pontos da casa com água quente;
  • Predial: utilizado para obras de grande porte;
  • Aquecedores Evacuados: coletores com tubo de vácuo. Podem ser de fluxo direto ou de reservatório acoplado.
  • Piscinas: mantém a temperatura agradável.

Sistemas de Aquecedores Solares e Projetos Sociais

Alguns programas habitacionais do governo utilizam aquecedores solares em residências populares.

Um destes projetos é o Minha Casa, Minha Vida, no contexto federal. Este projeto pretende construir mais de 2 milhões de habitações com aquecedores solares.

Cuidados com o Sistema

Os sistemas de aquecimento solar demandam alguns cuidados para continuarem eficazes, como:

  • Mínimo de duas limpezas anuais, para evitar o acúmulo de sujeira que afeta o rendimento do sistema.
  • Drenar o equipamento pelo menos uma vez por ano: deixar a água correr pelo sistema e depois fechá-lo novamente.
    Vantagens

Os Sistemas de Aquecimento Solar tem várias vantagens que vão desde economia até cuidado com o meio ambiente:

  • Fonte de energia renovável e limpa;
  • Economia de até 70% na conta de luz.
  • Valorização do imóvel, pois, o sistema possui longa durabilidade, cerca de 20 anos.

Segundo o levantamento realizado pela DASOL, cada 1 m2 de coletor traz para o meio ambiente:

  • Evita a inundação de 56 m2 para geração de energia elétrica;
  • Economia de 66 litros de diesel por ano;
  • Economia de 55 kg de gás de cozinha por ano;
  • Economia de 73 litros de gasolina por ano;
  • Elimina a queima de 220 kg de lenha por ano;
  • Não emite gás carbônico na atmosfera;
  • Evita o uso de usinas termo elétricas e de energia nuclear;
  • Não agride a camada de Ozônio.

Custo X Benefício

Para estimar o custo do sistema, devemos saber o tamanho do reservatório necessário para o projeto. Dessa forma, podemos definir o número de coletores necessários.

Cada coletor aquece cerca de 200 litros de água. Por isso, é importante saber qual a demanda de água do projeto em questão.

A aquisição do aparelho costuma sair entre 2 e 4 mil reais. Mas, o sistema exige pouca manutenção e sua duração, como já acrescentamos antes, chega em torno de 20 anos.

O payback pode acontecer entre 2 e 5 anos.

Concluindo…

Neste artigo você viu que o Aquecimento Solar é um sistema para gerar água quente que é limpo e renovável.

A sua economia pode chegar até 70% na sua fatura de conta de luz. Além disso, é uma alternativa que não gera impactos negativos para o meio ambiente.

Devido à longa durabilidade, a instalação desse sistema valoriza o imóvel.

Por mais que essa tecnologia seja muito difundida no Brasil, ela ainda gera muitas dúvidas. Cabe a nós, informar para os nossos clientes as vantagens deste sistema.

E agora? Já usou algum sistema solar em seus projetos?

agosto 15, 2019
© 2018 UGREEN