Conforto Térmico em projetos de arquitetura

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

O conforto térmico em projetos de arquitetura é um tema premente, especialmente quando consideramos que estamos expostos a alterações climáticas cada vez mais acentuadas. 

Este é, inclusive, um dos grandes desafios dos arquitetos que buscam oferecer edificações de qualidade aos seus usuários.

Que tal aprender um pouco mais sobre a importância do tema e como garanti-lo em suas edificações? Continue essa leitura!

Uma casa se torna um lar quando oferece conforto térmico

Um dos motivadores para que os seres humanos começassem a construir seus lares é ter abrigo contra as condições climáticas. Ou seja, estar protegido contra o frio, as chuvas, os ventos, exposição ao sol, entre outros. Isso é o que torna a residência um verdadeiro lar: poder ter conforto contra as alterações do clima. 

Mas se a residência não é capaz de oferecer este conforto às pessoas, ela pode ser considerada realmente um lar? Não, pois ela não está cumprindo com uma de suas principais atribuições. Por isso, o conforto térmico em projetos de arquitetura é tão importante e faz tantos arquitetos quebrarem as cabeças tentando alcançá-lo em suas obras.

Conforto térmico: desafio para a arquitetura

Como vimos neste outro artigo, a percepção de calor e frio varia muito de pessoa para pessoa. Por isso, para tentar atender ao conforto térmico de forma geral, é importante seguir as orientações das normas de desempenho. Elas  possuem tabelas e diretrizes específicas, separando as zonas climáticas, guiando o arquiteto de acordo com o clima da região.

Os arquitetos devem, portanto, considerar o conforto térmico em projetos de arquitetura, levando em conta as particularidades ambientais do local. Para isso, é preciso visitar a área onde será feita a obra e observar os ventos, o percurso do sol e outras informações sobre a região. 

Mais do que isso, o profissional também deve fazer simulações em sistemas a partir destes dados. Só assim é possível ter uma visão mais clara e realista. Também é uma forma de fazer as alterações que sejam necessárias antes mesmo da obra ser executada.

Conforto térmico em projetos de arquitetura: qualidade e sustentabilidade

O conforto térmico em projetos de arquitetura se relaciona diretamente com o consumo energético. Afinal, ao aproveitar todos os recursos naturais e os materiais disponíveis para garantir o bom desempenho neste quesito, reduz o uso de equipamentos como o ar-condicionado e aquecedores. E isso pode representar uma economia de até 70% na energia. 

Assim, arquitetos que se preocupam com o conforto térmico em projetos de arquitetura oferecem, além de conforto, edificações mais sustentáveis. Em um momento onde insuficiência energética e degradação do meio-ambiente fazem parte da realidade, esta é uma atitude muito bem-vinda!

O que considerar para garantir o conforto térmico em projetos de arquitetura?

Existem alguns pontos principais que precisam ser considerados para que seja possível garantir o conforto térmico em projetos de arquitetura:

A posição da edificação em relação ao sol

Sabemos que o sol nasce do leste e se põe no oeste. Isso precisa ser considerado no momento de se projetar uma edificação. 

Em regiões quentes, por exemplo, as faces da residência voltadas para estes lados devem ser menores. Isso porque, dessa forma, elas absorverão menos calor. Já em regiões mais frias, o que se faz é o contrário.

Vegetação

A vegetação do local também pode ser usada como recurso para ventilar e sombrear a edificação. Isso, é claro, em casos de regiões quentes.

Distância entre as construções

Outro elemento importante para garantir o conforto térmico em projetos de arquitetura é a distância entre as construções. 

Edificações muito próximas umas das outras não ventilam o suficiente, o que pode acabar fazendo com que os cômodos fiquem abafados.

Formato do telhado

O formato do telhado é capaz de interferir na trajetória do vento, e, por consequência, na temperatura. Com isso, por exemplo, para que a residência seja mais fresca, a inclinação do telhado a favor do vento deve ser maior.

Como garantir conforto térmico em projetos de arquitetura?

Existem muitos critérios que precisam ser seguidos dentro das normas de desempenho para garantir conforto térmico em projetos de arquitetura. Para que tudo esteja de acordo, uma orientação pode ser a melhor saída. Aqui na Ugreen, oferecemos todo o suporte para que sua obra esteja de acordo com os requisitos exigidos.

Além disso, com a evolução do segmento, estão sendo criados muitos materiais inovadores, que buscam contribuir com o conforto térmico. Para acompanhar estas novidades, é importante estar atento. E para isso, você também pode contar conosco: basta assinar nossa newsletter para ficar por dentro de cada inovação.

Se você busca refinar seus conhecimentos em arquitetura, aplicando soluções sustentáveis, confira nosso catálogo de cursos

A UGreen é engajada em orientar e preparar arquitetos para o futuro da arquitetura sustentável. Venha fazer parte desta comunidade!

Quer Aprender Sobre a Norma de Desempenho?

Procura Uma Consultoria Ágil e Eficiente?

Principais normas da construção civil no Brasil

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

Você sabe quais são os objetivos das normas da construção civil no Brasil?

São estas diretrizes que guiam arquitetos, engenheiros civis e toda a equipe a construir de acordo com os padrões estabelecidos. Confira as principais delas no post de hoje. 

Padronização nas construções

Imagine se não houvesse nenhum parâmetro para estabelecer uma padronização das obras? O cenário da construção civil seria no mínimo uma confusão, beirando o caos. É por isso que as normas da construção civil são tão importantes. 

Além de servir como guia para os profissionais, também garantem edificações de qualidade aos usuários. Sem falar que algumas delas têm força de lei, o que torna seu cumprimento obrigatório.

Principais normas da construção civil no Brasil

São inúmeras as normas da construção civil no Brasil, porém as principais entre elas são:

NBR 6118 – Projeto e Estruturas de Concreto 

Esta norma determina os requisitos mínimos exigidos para o projeto de estrutura de concreto simples, armado e protendido.

A NBR 6118 não é aplicável em estruturas onde são utilizados concreto leve, pesado ou outros especiais.

NBR 7190 – Projeto e Estruturas de Madeira

A norma de desempenho 7190 estabelece as condições gerais a serem seguidas no projeto, execução e controle das estruturas correntes de madeira. Como por exemplo, pontes, pontilhões, coberturas, pisos e cimbres.

Também apresenta requisitos em relação às condições básicas de segurança na utilização do material. Bem como os limites da aplicação do esforço e deformação, as características da madeira, suas disposições construtivas, entre outros.

NBR 7199 – Projeto, Execução e Aplicação dos Vidros na Construção Civil

Apesar de ter passado por atualizações em 2016, esta norma tem data de 1989. O objetivo dos ajustes foi esclarecer seus parâmetros. Especialmente no que se refere à indicação dos vidros de acordo com sua aplicação. 

O texto da NBR 7199 foi atualizado também para aderir às normas internacionais, sobretudo na utilização de vidros de segurança. Como o laminado, o aramado e o temperado.

Esta norma, portanto, fixa regras gerais sobre a utilização dos vidros na construção civil. Trata, ainda, de padronizar o emprego correto para cada tipo de vidro, segurança, se tratando de aplicações e espessuras, entre outros.

NBR 7480 – Aço Destinado a Armaduras para Estruturas de Concreto Armado

Esta norma abrange todos os aspectos relacionados ao aço destinado para armaduras de estruturas de concreto armado. Por exemplo, a fabricação, encomenda e fornecimento de barras e fios de aço.

A NBR 7480 orienta, dessa forma, sobre as propriedades geométricas ideais para barras lisas, nervuradas e fios. Assim como o parâmetros relacionados às características mecânicas de tração e dobramento e soldabilidade dos materiais.

Com isso, a norma de desempenho 7480 busca garantir a segurança e qualidade de toda  a estrutura do concreto armado.

NBR 12721 – Avaliação de Custos de Construção para Incorporação e Outras Disposições para Condomínios Edifícios

A NBR 12721 busca regulamentar as regras relacionadas à definição do objeto de transação. Para isso, propõe uma comparação entre o preço da transação e a quantia investida nos recursos necessários para a construção.

É ela que permite um maior equilíbrio no curso de todas as áreas relacionadas a cada imóvel, incluindo áreas de uso comum e até estacionamentos.

Também é esta norma de desempenho que estipula os critérios para se obter o Registro de Incorporação. Além disso, normatiza cada aspecto construtivo de cada unidade a ser entregue ao cliente.

NBR 15575 – Desempenho de edificações habitacionais

Esta é uma das maiores entre as normas de construção civil no Brasil. A NBR 15575 envolve diversas diretrizes no que se refere às obras residenciais.

Seus parâmetros abrangem:

  • Responsabilidades do incorporador, projetista, construtor, fabricante de materiais e usuário
  • Durabilidade e manutenção das edificações
  • Vida útil do projeto e da edificação, além das garantias
  • Requisitos para:
  • Sistemas Estruturais
  • Sistemas de Pisos Internos
  • Sistemas de Vedação
  • Sistemas de Cobertura 
  • Sistemas Hidrossanitários.

Estas são apenas algumas das principais normas da construção civil no Brasil. Existem mais de 881 normas brasileiras aprovadas pela ABNT, sendo que este é um número que pode crescer ainda mais. Isso porque, todos os anos, novas regras são discutidas e aprovadas.

Por isso, seguir cada uma delas pode ser uma tarefa difícil. Nisso a UGreen pode te ajudar, oferecendo todo o suporte e orientação que você precisar sobre as normas de construção.

Para acompanhar cada nova norma que surgir e todas as inovações do segmento, você pode assinar nossa newsletter. Aproveite para conferir nosso catálogo de cursos e refinar seus conhecimentos na área.

Quer Aprender Sobre a Norma de Desempenho?

Procura Uma Consultoria Ágil e Eficiente?

Mais segurança contra incêndio

ACESSO A AULAS GRATUITAS EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Inscreva-se nas melhores aulas ao vivo em construções sustentáveis da internet.

Temos visto inúmeros casos que reforçam a importância de se oferecer mais segurança contra incêndio nas edificações. Não observar o que estabelecem as normas de desempenho e legislações neste sentido podem trazer consequências irreversíveis. Mais do que a perda do patrimônio, os efeitos dos incêndios pode ser a morte ou danos irreparáveis à saúde.

Casos de incêndios ao longo dos últimos anos

Os casos de incêndios de grandes proporções são inúmeros, tanto aqui no Brasil quanto no cenário internacional. Alguns dos mais recentes e marcantes são: 

Boate Kiss

Em janeiro de 2013, a perícia apontou a concepção arquitetônica do espaço como um dos principais fatores agravantes do incêndio. Afinal, a edificação acabou por desfavorecer o escoamento rápido do público na situação de emergência. No total, foram 242 vítimas fatais do ocorrido.

Prédio Wilson Paes de Almeida

A edificação, conhecida como Prédio de Vidro, projetado em 1961, tombado em 1992 e ocupado irregularmente desde 2003 sofreu um incêndio em 1º de maio de 2018. Neste desastre, 7 pessoas morreram e 2 desapareceram. Como consequência do incêndio, deu-se a destruição de 80% da construção vizinha, uma igreja evangélica Luterana. 

Museu Nacional

Por volta das 19h30 de domingo, 2 de setembro de 2018 aconteceu o grande incêndio que acometeu o Museu Nacional. O fogo só foi controlado no fim da madrugada do dia seguinte, segunda-feira, 3 de setembro. Ainda assim, pequenos focos continuaram ardendo, destruindo partes da instalação. 

Como resultado, cerca de 20 milhões de itens do acervo foram totalmente destruídos. Entre eles: fósseis, múmias, registros históricos e obras de arte. 

CT do Flamengo

Em fevereiro de 2019, o CT do Flamengo incendiou-se, vitimando dez adolescentes que atuavam nas divisões de base da agremiação. 

Descobriu-se, posteriormente, que o clube não possuía laudo de aprovação do Corpo de Bombeiros para construir o alojamento naquela área. Com isso, o contêiner onde os jogadores morreram nunca nem mesmo passou por uma vistoria do Corpo de Bombeiros. 

O Ninho do Urubu também não tinha alvará de funcionamento, tendo sido interditado em outubro de 2017. Além disso, foi multado 31 vezes justamente por descumprir a ordem.

Catedral Notre-Dame

Em 15 de abril de 2019, foi a vez da Catedral Notre-Dame ser consumida pelas chamas. Segundo os bombeiros, o incêndio do monumento histórico mais visitado da Europa estaria relacionado, potencialmente, às obras na edificação.

Medidas devem ser tomadas durante o projeto

Muitas vezes, a preocupação em oferecer mais segurança contra incêndio limita-se apenas à aprovação do projeto junto ao Corpo de Bombeiros. Porém, este procedimento se dá somente no final do processo, quando a edificação já está quase toda desenvolvida. Nesta etapa, a maior parte da concepção está pronta, sendo um momento desfavorável para a adequação à algumas questões. Portanto, o ideal é observar as medidas necessárias durante o desenvolvimento do projeto.

Existem inúmeras normas de desempenho relacionadas à segurança contra incêndio que devem ser observadas, além da legislação vigente. A NBR 15575 também contempla esta questão, onde prevê que as edificações devem:

  • Dificultar o princípio de incêndio por descargas atmosféricas, instalações elétricas/gás
  • Apresentar segurança estrutural
  • Dificultar a inflamação por revestimentos, acabamentos e isolamentos internos
  • Possuir sistemas de extinção e sinalização do incêndio
  • Dificultar a propagação do incêndio por unidades contíguas.

Desafios envolvendo a segurança contra incêndio 

O que torna a questão da segurança contra incêndio em edificações ainda mais premente, é a falha na formação de engenheiros e arquitetos. 

Existe a legislação específica e as normas de desempenho, porém o grande desafio é sua observância. Isso porque a prevenção de incêndios tornou-se disciplina obrigatória apenas recentemente. Sem falar que, na maioria das universidades e faculdades, as aulas são eletivas. Assim, os alunos obtém a formação mesmo que não as frequentem.  Por isso, não existem muitos profissionais especializados na área. 

Neste contexto, contar com orientação especializada pode ser fundamental na hora de adequar seu projeto de edificação às normas relacionadas à segurança contra incêndio. A UGreen oferece toda a consultoria e suporte necessários para a aderência a todas as normas relacionadas ao tema.

Quer Aprender Sobre a Norma de Desempenho?

Procura Uma Consultoria Ágil e Eficiente?